O ano novo chegou e com ele aquele desejo de mudança, conquistas e felicidade, não é mesmo? Quem não deseja comprar aquela casa que sempre sonhou, engravidar, viajar, entrar na faculdade, conquistar a tão sonhada promoção? 

A verdade é que independentemente do seu desejo, o desenvolvimento da inteligência emocional pode ser determinante para a conquista dos seus objetivos. Mas como obtê-la? 

Vem com a gente, pois vamos te dar dicas de como preparar a sua mente para 2022! 

O que é inteligência emocional? 

De acordo com a psicologia, a inteligência emocional é a capacidade de identificar e lidar com sentimentos  e emoções pessoais e também de outras pessoas.  

De forma resumida, a inteligência emocional é uma habilidade que possibilita que os indivíduos gerenciem melhor seus sentimentos e encontrem as formas mais adequadas de agir. 

Assim, ela é o conjunto de competências e habilidades que permitem que o indivíduo perceba quais são suas emoções e tendências de comportamento e, através disso, possa traçar estratégias que permitam o controle e gerenciamento de suas reações diante das mais diversas situações. 

Inteligência emocional e a sua importância 

Ter a habilidade de saber lidar com suas emoções e das outras pessoas é importante para qualquer ser humano, pois é justamente esse equilíbrio que determinará como você reagirá em uma situação, seja ela boa ou ruim.  

A inteligência emocional no trabalho ou em qualquer outro lugar também consegue contribuir para o desenvolvimento de uma melhor autoestima e autoconfiança, além de ajudar a estabelecer uma comunicação mais adequada, o que contribui para relações mais leves e prazerosas.  

Pessoas “emocionalmente inteligentes” são muito mais confiantes e motivadas, conseguindo avaliar suas atitudes e pensamentos, conseguindo encarar situações difíceis com mais facilidade e serenidade, o que resulta em uma maior capacidade de superação. 

Mas, afinal, como conquistar inteligência emocional? Confira 8 dicas! 

Sabemos que nem sempre é fácil conquistar inteligência emocional. Por isso, selecionamos algumas dicas que podem te ajudar nessa tarefa! 

1 – Busque o autocontrole 

Algumas atividades podem te ajudar a acalmar sua mente e responder melhor às suas emoções, como yoga, meditação e atividades manuais. 

2 – Expresse seus sentimentos 

Uma boa forma de ter inteligência emocional é expressar o que você sente, refletindo sobre seus sentimentos. Por isso, converse com pessoas de confiança, faça um diário ou escreva o que sente. 

3 – Cuide do seu sono 

Para ter uma mente saudável, o ideal é dormir, em média, sete horas por noite, pois, quando você está descansado, fica mais fácil saber como lidar com situações inesperadas ou algum problema que surgir. 

4 – Planeje seu dia 

Uma atitude importante para ter inteligência emocional no trabalho ou mesmo na vida pessoal é planejamento. Sempre que possível, planeje seu dia ou semana, estabelecendo horários para fazer suas atividades, para trabalhar, descansar e se divertir.  

Uma vida desregrada pode gerar ansiedade e até mesmo depressão. Cuide-se! 

5 – Faça exercícios físicos 

Você sabia que durante a atividade física, a endorfina é liberada no cérebro, causando uma sensação de prazer? Isso mesmo! Ao praticar algum exercício, você fica mais motivado e alcança uma sensação de bem-estar e felicidade.  

6 – Respeite seus limites 

Conheça e respeite seus limites em todos os sentidos, tanto no que diz respeito ao trabalho, relacionamentos, sentimentos e por aí vai.  Conhecer o próprio limites é importante para que você não se coloque em situações que podem agravar seu estado mental e psicológico. 

7 – Estude sobre o assunto 

A inteligência emocional é um processo que precisa ser trabalhado diariamente. Afinal, não é do dia para a noite que você irá desenvolver esta habilidade. 

Assim, estudar sobre ela fará com que você possa descobrir quais as melhores estratégias e caminhos a serem seguidos. Dessa forma, o processo de desenvolvimento fica muito mais claro. 

8 – Procure ajuda profissional 

Nem sempre nós somos capazes de desenvolver a inteligência emocional, sozinhos. Por isso, contar o auxílio e suporte de um profissional capacitado é fundamental para que as habilidades sejam desenvolvidas da melhor forma! 

Gostou do nosso artigo e quer saber mais sobre inteligência emocional? Clique aqui e tenha acesso a um material de Análise Comportamental. 

Deixe um comentário